O homem pisou realmente na Lua?

 

A polêmica sobre a conquista da Lua
Muita gente insiste em afirmar que um dos eventos mais marcantes do século XX, o pouso da Apollo 11 na Lua, foi uma fraude. Será que existe alguma justificativa válida para esta afirmação?

Cadê o vento? Como é possível que a bandeira dos EUA tremule no mastro se não há vento na Lua?

Em fevereiro de 2001, a rede norte-americana de televisão Fox, para a surpresa de seus espectadores, anunciava a exibição de um documentário com o seguinte título: Teorias Conspiratórias: Nós Realmente Aterrissamos na Lua? Motivada por rumores existentes desde meados da década de 70, a Fox iria abordar a questão sob uma ótica inusitada: mostrar ao mundo que os EUA nunca colocaram astronautas sobre o solo lunar, e que o maior feito do século XX teria sido fraudado para que o país vencesse a corrida espacial, em 1969. A Fox daria eco às alegações de muitos adeptos das teses conspiracionistas, de que tudo não passou de uma incrível farsa, supostamente montada pela Agência Espacial Norte-Americana (NASA).

Apesar da estranheza que isso pode causar a muitos leitores, acostumados com notícias quase diárias sobre novas pesquisas e conquistas espaciais, ainda existe muita gente que, em pleno século XXI, não só não acredita que o homem chegou à Lua como também afirma com veemência que as famosas imagens da primeira alunissagem da história, transmitidas ao vivo em 20 de julho de 1969 para o mundo, não passaram de encenações feitas num estúdio cinematográfico aqui mesmo na Terra. Há ainda quem alegue que as marcantes palavras do astronauta Neil Armstrong – “Um pequeno passo para um homem, mas um gigantesco salto para a humanidade” – foram proferidas não sobre o solo acinzentado do Mar da Tranqüilidade, região onde o módulo lunar pousou, mas sim em algum estúdio hollywoodiano que simulava a Lua.

Mesmo considerando-se o caráter disparatado e improvável que essas alegações sugerem, cada dia mais adeptos as defendem, seguindo a rápida e crescente divulgação das tais idéias conspiratórias, principalmente através da internet. Além disso, o documentário da Fox denunciando o suposto embuste da NASA teve uma repercussão enorme, levando até à realização de uma continuação, duas semanas depois. Dada a insistência em se manter o quadro de absurdos que as referidas alegações causam, por parte dos detratores da Agência Espacial, e a rapidez com que a influência desse grupo vem crescendo sobre a mídia, muitos leitores têm se perguntado: será que existe alguma verdade por trás de tais acusações de montagem e encenação? Seria possível que tudo foi apenas uma farsa?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s